Project Description

O professor Renato Rodrigues sempre acreditou que o BJJ poderia ajudar pessoas com baixa visão ou cegueira. Para tanto, desenvolveu um método de ensino de técnicas de luta que podem ser praticadas com os olhos fechados (the body can see, de Renato Rodrigues ©), visando desenvolver habilidades relacionadas aos demais sentidos, como o tato e audição.

O projeto “The body can see, O corpo vê”, em colaboração com o Rotary International, prevê a ativação de um curso de Brazilian Jiu-Jitsu para crianças cegas e deficientes visuais para ajudar a melhorar sua consciência física e aumentar a autoconfiança. As técnicas de BJJ podem ser descritas e concebidas por meio de padrões, sequências e ramificações lógicas. Estas propriedades tornam esta atividade adequada também para pessoas com deficiências específicas, em particular aquelas que sofrem de deficiências do sistema visual. A possibilidade de fortalecer os sentidos e, portanto, de aumentar a consciência do corpo como um todo, ajuda a desenvolver não só as habilidades de gerenciamento físico, mas também psíquico e emocional.

logotipo do projeto the body can (@thebodycansee) see de Renato Rodrigues (@renato_rodrigues) da escola Gracie Barra Vittorio Roma (@graciebarraroma)